Muse Quer Suas Músicas Em Sites Gratuitos De Streaming


O Muse ficará “desapontado” se sua música for retirada do site Spotify. A banda está infeliz com a proposta de sua gravadora, a Warner Music, de parar de licenciar gratuitamente músicas para sites de streaming baseados em propaganda por achar que isso irá reduzir seu número de fãs.

O baixista Chris Wolstenholme disse: “é como tirar sua música da rádio, não é? Você está instantaneamente retirando sua canção de um potencial grupo de ouvintes”.

Chris insiste que a decisão de remover livre acesso à música raramente é uma escolha dos artistas e acusou os chefes da indústria de “forçarem a barra” para tentar aumentar seu rendimento.

Ao programa de rádio BBC Newsbeat ele disse: “as corporações estão determinando as regras nessas coisas porque eles estão desesperados. Eles perderam tanto dinheiro com vendas de discos por causa da internet. Às vezes eu sinto que toda essa restrição em como a música chega para o público nunca vem das bandas. Vem das corporações por trás de tudo. As bandas só querem que as pessoas ouçam sua música da forma que quiserem”.

Os comentários de Chris surgem após o CEO da Warner Edgar Bronfman chamar os serviços de streaming de “não positivos” para o futuro da indústria da música. Ele disse: “claramente, os serviços de streaming gratuitos não são positivos para a indústria e, até onde nós da Warner Music sabemos, as músicas não serão licenciadas”.

Site
Myspace
Fonte

Leia outras notícias sobre o Muse

Autor: Diego Camargo

Editor chefe do Progshine

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s