Rush E A Possível Capa De Clockwork Angels


Enfim, estamos conhecendo a possível capa do próximo álbum de estúdio do Rush, Clockwork Angels (2012), e do tourbook de sua turnê. As imagens foram publicadas pelo blog Rush Is A Band e possivelmente são oficiais.

A primeira imagem, que possivelmente será a capa do álbum, retrata nuvens de tempestade em tonalidade vermelha formando espécie de ciclone combinadas ao relógio já familiar, que esteve presente também na arte do single ‘Caravan/BU2B’ e no material relacionado a última turnê da banda, Time Machine. O relógio mostra símbolos que representam enxofre, purificação, mercúrio, inverno, zinco, Sol, aquário (zodíaco), essência, Netuno, chumbo, Terra e cobre. É interessante observar que o mesmo marca 9:12 (ou 21:12), numa provável referência ao antológico álbum 2112 (1976).

Já a possível capa do tourbook mostra-se bastante interessante, retratando uma parede com algumas rachaduras e com algumas engrenagens surgindo ao fundo numa parte quebrada, estas já conhecidas principalmente pela arte steampunk presente da turnê Time Machine. Na parede surge o nome da banda escrito num estilo ‘grafite’, o nome do álbum e um curioso logo com as iniciais ‘CA’ (Clockwork Angels). O fato que nos causa impacto é a presença de um dálmata se deparando com a imagem de um hidrante pintada na parede, uma referência clara ao álbum Signals (1982), que este ano completa 30 anos desde o seu lançamento. Conforme ocorrido na turnê anterior com a execução na íntegra de Moving Pictures (1981), tal fato nos leva a imaginar que os rapazes estão planejando uma nova homenagem, dessa vez para o álbum que trouxe canções magníficas como ‘Subdivisions’, ‘New World Man’, ‘The Weapon’ e ‘Losing It’, esta última jamais tocada ao vivo.

No dia 19 de abril a banda lança nas rádios o terceiro single de Clockwork Angels (2012), a canção ‘Headlong Flight’ (leia mais AQUI). O álbum tem lançamento previsto para 23 de maio no Japão e 29 nos EUA, via Roadrunner Records, e no Canadá, via Anthem / Universal Music.

Site
Myspace
Facebook
Twitter
Fonte

Leia outras notícias sobre o Rush

Anúncios

Autor: Diego Camargo

Editor chefe do Progshine

Uma consideração sobre “Rush E A Possível Capa De Clockwork Angels”

  1. Boas idéias mal executadas. Não entendo muito bem que o que acontece com algumas bandas hoje em dia que limitam suas capas a foto-montagens amadoras, os “designers” vão lá no Stock Photos, digitam o que precisam, recortam o fundo e montam algo estranho. E pior, as bandas compram.

    Esse é um dos problemas da tecnologia, não se faz mais presente aquele toque “humano” existente antigamente.

    E viva o Progshine! Matéria super completa. Mandou bem novamente Diego!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s