Morre Jon Lord


Morreu ontem Jon Lord, aos 71 anos de idade. O lendário tecladista, e um dos fundadores, do Deep Purple, morreu ontem em um hospital de Londres de uma embolia pulmonar. Jon batalhava contra um câncer no pâncreas há mais de 1 ano.

Jonathan Douglas Lord foi um dos pioneiros em utilizar teclados no que hoje conhecemos como Hard Rock. Sua técnica incomum unia a música clássica ao Rock e foi o pioneiro no uso do órgão Hammond dentro do estilo. Especialmente quando, no começo do Deep Purple, decidiu por utilizar amplificadores de guitarra ao invés dos convencionais amplificadores utilizados nos teclados da época, as famosas Caixas Leslie. Isso deu a banda uma dimensão e um peso nunca antes ouvidos.

Jon Lord ao vivo em 1976 com o Deep Purple

“Jon não era apenas um grande músico, ele era meu companheiro preferido para um bom jantar. Estamos todos tristes. Sabíamos que ele estava doente, mas as notícias eram que ele estava melhorando. Essa notícia veio como um choque completo. Sem Jon o Deep Purple nunca existiria.” Essa declaração de Ritchie Blackmore (guitarrista original do Deep Purple) mostra o quanto o música foi importante para a banda.

Jon Lord era um dos principais compositores da banda e sua paixão pelo Rock e pela música Clássica rendeu ao mundo o disco Concerto For Group And Orchestra (1970) gravado em 1969 com a Royal Philharmonic Orchestra no Royal Albert Hall de Londres e lançado pelo Deep Purple, um marco na época onde a banda tocava junto de uma orquestra completa.

Jon também tece uma carreira solo prolífica onde lançou diversos album que fundiam o Hard Rock, Rock Progressivo e a música Clássica como em seus discos Windows (1974)Sarabande (1976).

Com o fim do Deep Purple, Jon aceitou o convite de David Coverdale (que fez parte da última formação do Purple nos anos 70) para montar um novo grupo, nascia ai o Whitesnake, outro grupo lendário, com quem ele gravou e escursionou até 1984, quando o Deep Purple voltou a tocar com sua formação clássica. Jon ficou no Purple até 2002, quando começou a se dedicar exclusivamente em sua carreira solo e excursões com orquestras, que inclusive passou pelo Brasil em 2009.

Jon Lord ao órgão com Orquestra no fundo

Como lembrança aos fãs, Jon estava preparando um novo disco, Concerto For Group And Orchestra (2012), que será lançado em Setembro e que traz um time pesado junto de Jon, músicos como Bruco Dickinson, Joe Bonamassa, Steve Morse e a Royal Liverpool Philharmonic Orchestra. Trata-se da regravação do clássico original do Deep Purple e que terá um documentário lançado também.

Fica aqui essa humilde homenagem a um dos grandes músicos que mudaram a história do Rock e que sem o qual, talvez o Rock Progressivo não tivesse uma série de sons que ouvimos hoje.

Abaixo o disco Sarabande (1976) na íntegra:

Site
Facebook
Twitter

Leia outras notícias sobre o Deep Purple

Anúncios

Autor: Diego Camargo

Editor chefe do Progshine

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s