Resenha: Curved Air – Air Cut


Por Diego Camargo

Nota:

Disco: Air Cut
Ano: 1973
Selo: Warner Bros.

Faixas:
01. The Purple Speed Queen – 3’23
02. Elfin Boy – 4’12
03. Metamorphosis – 10’40
04. World – 1’40
05. Armin – 3’47
06. U.H.F. – 5’06
07. Two-Three-Two – 4’12
08. Easy – 6’48

Formação:
Sonja Kristina – voz e violão
Kirby Gregory – guitarra/teclados e vocais
Eddie Jobson – teclados/violino e vocais
Jim Russell – bateria e percussão
Mike Wedgwood – baixo/violão e voz na faixa 7

Resenha:

01. The Purple Speed Queen
Uma guitarra esperta dá início ao trabalho, uma pegada forte de baixo e teclado, uma melodia deliciosa, com os vocais mais sensacionais ainda de Sonja Kristina. Um solo de sintetizador animal, com um som demasiadamente irado e em seguida é a vez da guitarra de Kirby Gregory pegar fogo, concordo que essa faixa tem uma pegada bem mais pesada, mas mesmo assim é indefinidamente muito boa.

02. Elfin Boy
Elfin Boy, começa apenas com o vocal impressionável de Sonja, um violão melódico, o baixo bem grave de Mike Wedgwood e o mais impressionante de todos o teclados sombrio e melodicamente bizarro de Eddie Jobson. Uma canção calma e bonita, com um pé no quintal do Jethro Tull só que mais psicodélica.

03. Metamorphosis
Que piano! É a escola de Keith Emerson e suas Fugas, sensacional! Essa eu diria ser a mais progressivo do disco, Hammonds espalhados pelo som, um baixo grave e marcante, bateria marcial em tom pulsante, guitarras orquestrais e passagens intrincadas. A faixa mais longa do disco tem muitas passagens e todas interessantes. O tema vocal é duplicado pela própria Sonja e tem um tom de quem conta uma história, bem ao estilo Renaissance, inclusive o piano também. Outra parte legal são os vocais que vem a seguir com a dobra do vocal masculino. A seqüência é mais pegada de órgão, num tema bem progressivo contemplação. Na seqüência uma parte da qual eu me lembrei (não sei porque) do Rick Wakeman um pouco, mas lembra Yes também. A parte final é quase dançante e com 3 teclados diferentes, teclas por todos os lados umas diferentes das outras, até desabar num honky tonky infernal, muito bom mesmo!

04. World
Uma pequena canção a la francesa, com violinos e tudo. Vocais bonitos e melodia perfeita. Um solo de violino muito legal. Uma faixa curta pra ser apreciada. E me lembrou muito também uma música d’Os Lobos.

05. Armin
Começo arrasador! O violino comendo solto lindamente. Uns riffs geniais e uma pegada fantástica. O baixo aqui é outro destaque. Muitos solos de guitarra também, boas passagens rápidas de bateria. A única instrumental do disco, mas vale o nome que carrega, O instrumental.

06. U.H.F.
Melodia vocal totalmente rock/pop e deliciosa, daquelas que você vai ouvir muitas vezes, pode ter certeza. Entre um verso e outro um riff muito bom e um tanto sombrio, depois de um bom violino (que me parece ter tomado de assalto o lado dois do LP) uma parte totalmente diferente da primeira, do rock/pop delicioso, temos um tema mais sombrio e introspectivo. Tem um tema instrumental muito bom, mas é só uma loucura pra que voltemos com o tema delicioso inicial. O baixo da parte final merecia um prêmio. Soberbo!

07. Two-Three-Two
Essa tem os vocais de Mike Wedgwood, e muito bons por sinal, melodicamente perfeito, ainda mais quando casam com os de Sonja. Jim Russel tem um trabalho na bateria bem bacana nessa faixa. Bons solos de guitarra, e um piano ‘martelado’ igualmente bom. Improviso total no fim.

08. Easy
Piano clássico! Em seguida os sintetizadores fazendo a melodia em cima do piano, vocal (Sonja é um alívio aos ouvidos, e um colírio pros olhos) com um timbre grave (pra uma mulher). As vocalizações do refrão é outro destaque. Partes bem rockers do meio pro fim, mas o destaque maior fica pelo sintetizadores antes da parte vocal final, simplesmente divino!

Confesso que o disco não é um 10, e isso é difícil de dizer já que o disco é de 1973 e esse é o ano onde tudo de melhor aconteceu, mas também está longe de ser só um disco bom. Fica acima da média!

2 comentários em “Resenha: Curved Air – Air Cut”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s