Resenha: Delirium – Il Nome Del Vento


Por Jefferson A. Nunes

Nota: 

Banda: Delirium
Disco: Il Nome Del Vento
Ano: 2009
Selo: Black Widow

Faixas:
1. Intro – 1’23
2. Il Nome Del Vento – 6’01
3. Verso Il Naufragio – 6’35
4. L’Acquario Delle Stelle – 6’15
5. Luci Lontane – 4’14
6. Profeta Senza Profezie – 4’20
7. Ogni Storia – 5’02
8. Note Di Tempesta – 4’29
9. Dopo Il Vento – 9’40
10. Cuore Sacro – 8’49
11. L’Aurora Boreale (Bonus Track) – 4’26

Formação:
Mimmo Di Martino – vocais na faixa 2
Stefano Lupo Galifi – vocais na faixa 6
Sophya Baccini – backing vocals nas faixas 2,4,7 e 9 e piano na faixa 9
Quarteto de cordas:
Chiara Giacobbe Chiarilla – violino
Diana Tizzani – violino
Simona Merlano – viola
Daniela Caschetto Helmy – cello

Resenha:
1. Intro
Um disco difícil de ser classificado num primeiro momento. Tem uma mistura de Rock Sinfônico, Fusion/Jazz Rock e possui ainda toques do Prog Eletrônico em alguns momentos, tendo uma tonalidade sempre com base no Prog Italiano, que dá a esse álbum uma sonoridade bem diferente.
Para começar o álbum temos uma introdução muito bela, que, como diria o amigo Diego, pode ser considerada como “ecológica”: chuva e trovões enchem os ouvidos, até que em 0:33 começa uma melodia muito bonita, que intercala o piano e a flauta, aliada a um vocal muito bonito, e que crescem até o final da faixa.

2. Il Nome Del Vento
Começa com uma mistura de música clássica e sons italianos, com teclado, violinos e violoncelos formando um som belo e inusitado. Em 0:57, com a entrada da bateria e do vocal, a música ganha um tom mais obscuro, que é intercalado por linhas sinfônicas do tema inicial.
Em 2:53 uma guitarra faz uma melodia bem bonita e simples por trás dos vocais sobrepostos, e, em 3:49 o guitarrista faz um solo muito bonito, mais voltado para a pegada, e que dá um belo contraste sonoro com a melodia de Sax que é feita depois.

3. Verso Il Naufragio (Incl. Theme One)
Uma ambiência profunda de teclado, acompanhada em alguns momentos por melodias de Sax que lembram sons arábicos toma conta do som. Em 1:22 um acorde pesado de guitarra muda a faixa, abrindo espaço para um solo de teclados sobrepostos muito bonitos, que crescem até 2:16, quando começam Lick’s agudos de guitarra, acompanhados em alguns momentos por um baixo muito preciso.
É intercalado com um solo de teclado, até que, em 3:24 um riff pesado que lembra mais um Hard Rock (e que Hard Rock!!!) toma conta da faixa, misturado ao som de teclados que dão um belo contraponto melódico ao som, e abre espaço para a repetição do tema principal da música.
Em 4:59 a banda para, e uma melodia de teclados, baixos e um solo de Sax que lembra muito um Jazz tradicional termina a faixa de forma magistral. Pra mim é a melhor do disco indiscutivelmente.

4. L’acquario Delle Stelle
Ingênua a princípio, com uma melodia de teclado que lembra muito sons de cantigas de ninar, se transformando em seguida em uma ambientação de teclado muito bonita, que cresce até 2:31, quando o vocal começa, abrindo espaço em seguida para uma melodia profunda, muito enriquecida pelo solo de guitarra que fica ao fundo em grande parte das linhas vocais.
Aos 4:11 se transforma em uma melodia com mais influência do Jazz que me lembrou o D.F.A..

5. Luci Lontane
Uma bela linha de piano clássico abre a faixa, seguida de uma linha vocal muito bonita, enriquecida por algumas linhas de Sax bem profundas. Vai crescendo em intensidade até 2:16, quando entra a bateria e um solo de Sax muito bonito é feito. Em 2:48 a guitarra entra de forma pesada, dando um belo contraste ao tom plácido da primeira parte da composição. Na parte final torna-se tranqüila de novo, com mais influência do teclado.

6. Profeta Senza Profezie
Mais uma bela linha de piano clássico (mas dessa vez mais voltada para o som popular italiano) abre a faixa, dando espaço para um Jazz fantástico, com uma linha precisa de guitarra e a adição de linhas melódicas bem interessantes dos demais instrumentos. O vocal um pouco mais agressivo mostra outra faceta do cantor, e dá um tom diferenciado ao som. Termina com um solo de Sax de muito bom gosto.

7. Ogni Storia
Uma ambiência que eu classifiquei como estranha, na qual uma linha de baixo mais funk segura a clima e é acompanhada por uma linha diferente de teclado e metais. Aos 1:14 entra o tema principal da faixa, com um riff simples e pesado de guitarra, e acompanhado por linhas fantásticas dos metais.
O dueto vocal que se inicia em 2:32 é muito bonito, e abre espaço para um solo F-A-N-T-Á-S-T-I-C-O de guitarra, com muuuita pegada e notas encaixadas nos lugares certos. Se a guitarra havia ficado meio obscurecida até esse momento do álbum, nesse solo ganha destaque. Depois de uma linha dos metais um novo solo de guitarra encerra muito bem a faixa.

8. Note Di Tempesta
Notas estridentes e “agonizantes” de violino crescem, dando lugar a uma música mais suingada, com influência grande da guitarra e do baixo. Tem muitos momentos distintos, dentre os quais eu destaco o solo muito bom de guitarra que começa em 2:17.

9. Dopo Il Vento
Vento se ouve. Então uma flauta que lembra muito sons arábicos faz uma ambientação de grande qualidade, que cresce até 1:11, quando licks muito bons de guitarra dominam a faixa, dando um tom cadenciado. A faixa muda constantemente de forma, sendo em sua maioria bastante introspectiva, com solo de quase todos os instrumentos. Tem uma tonalidade mais Jazz na maior parte do tempo, incluindo várias sonoridades distintas.

10. Cuore Sacro
Mais pesada e suingada, apresenta licks pesados de guitarra, teclados fortes e um baixo dançante. Tem tons de música popular em muitos momentos, com melodias de flauta que me lembraram tons indígenas em alguns pontos.

11. L’aurora Boreale (Bonus Track)
Profunda, com um tom obscuro, e com solos fantásticos. Há um solo de violão muito bonito que começa em 0:56, e que dá um contraste com tudo o que foi feito nas músicas anteriores. Tem solos mais pesados depois, partes plácidas e mais peso no final. Um final bem apropriado para um álbum especial como esse.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s