Resenha: DouBt – Never Pet A Burning Dog (2010)


Por Diego Camargo

Nota:

Disco: Never Pet A Burning Dog
Ano: 2010
Selo: Moonjune Records

Faixas:
1. Corale Di San Luca – 3’04
2. Laughter – 6’25
3. Over Birkerot – 8’53
4. Sea – 7’56
5. Passing Cloud – 4’07
6. Cosmic Surgery – 6’45
7. Aeon – 7’27
8. Beppe’s Shelter – 8’16

Formação:
Alex Maguire – pianos, órgão, mellotron e sintetizadores
Michel Delville – guitarras e sintetizador
Tony Bianco – bateria

Músico convidado:
Richard Sinclair –  voz (1 e 5) e baixo (1 e 2)

Resenha:

01. Corale Di San Luca
O DouBt nos traz um disco um tanto diferente e com um convidado especial, Richard Sinclair, baixista e vocalista do Caravan. Por aqui ele dá o ar da graça também nos vocais (nas faixas 1 e 5) e como baixista nas faixas 1 e 2.Digo convidado especial pois o trio não tem baixista, a banda conta com Alex Maguire (pianos, teclados e sintetizadores), Tony Bianco (bateria) e Michel Delville (guitarras).A primeira faixa é uma introdução bonita com a igreja como tema principal, inclusive em suas melodias, mas o final é que traz realmente a essência do disco, o baixo completamente jazz de Richard Sinclair nos diz onde estamos: jazz e experimentalismo!

02. Laughter
Como eu disse, jazz e experimentalismo, essa é a essência do DouBt, free, sem limites, o free jazz com certeza é a base inspiratório para o grupo, os três músicos não tem bases ou seqüência pré-programadas, é assim que de tijolo em tijolo, por mais estranhos que possam parecer, é que Never Pet A Burning Dog (2010) é construído.

03. Over Birkerot
A terceira faixa do disco traz a guitarra de Michel Delville como instrumento principal, contraponteando melodias estranhas e desconexas entre si, e como se não fosse suficiente, os teclados de Alex Maguire são completamente atonais, a ‘bagunça’ é o elemento musical principal do DouBt.Não posso dizer que o baixo faz falta dentro do som do grupo, mas o grave é sempre uma boa pedida!

04. Sea
Sea foi composta pelo baterista Tony Bianco, e como toda composição de baterista em um grupo influenciado pelo jazz, é estranha e percussiva.Mas por aqui também está o teclado de Alex, em estranhas escalas na introdução da faixa, logo seguidas de sons da guitarra sintetizada de Michel.A faixa segue num crescendo de sons, onde os mesmos são intercalados e estranhos.

05. Passing Cloud
Essa faixa traz novamente a presença de Richard Sinclair (Caravan) nos vocais, o que é um deleite aos ouvidos. Gostaria que o álbum tivesse mais faixas como essa.Desde o tempo cadenciado de bateria às leves linhas melódicas de teclados e órgãos a faixa é bela e tem os vocais de Richard brilhantemente gravados. Infelizmente a segunda faixa mais curta do disco (se contarmos a introdução).

06. Cosmic Surgery
Essa introdução é brilhantemente ‘surrupiada’ de Gentle Giant, porém a faixa tem mais peso. Os riffs rápidos e quebrados são um encanto. Uma influência vívida em ‘Cosmic Surgery’ é também o Nektar, principalmente em faixas como ‘Nelly, The Elephant’. Grande faixa, arrisco a dizer que a melhor do disco, e também, a mais musical e progressiva.

07. Aeon
‘Aeon’ vem logo na seqüência, mas perde o pique, e faz o disco cair na mesmice. O que a sexta faixa ‘Cosmic Surgery’ tem de interessante, ‘Aeon’ tem de pedante.

08. Beppe’s Shelter
A menos percussiva do disco, com mais paradas, mas as guitarras continuam dissonantes e sem nexo, e longa.Como surpresa uma flauta (ou uma sintetização de flauta) permeia a segunda metade da música. A sensação é ainda mais estranha.

O disco foi gravado em dois dias e ao vivo em Agosto de 2009, o que demonstra a intenção da banda de ter o som mais livre possível.Os amantes do jazz ficarão extasiados com Never Pet A Burning Dog (2010), eu, particularmente, prefiro as canções e as melodias, gosto de vocais também, por isso meu entusiasmo com a quinta faixa ‘Passing Cloud’.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s