Resenha: King Crimson – In The Wake Of Poseidon


King Crimson - In The Wake Of Poseidon (1970)

Por Diego Camargo

In The Wake Of Poseidon
1970
Atlantic

169d0-4stars

Faixas:
01. Peace – A Beginning – 0′50
02. Pictures Of A City – 8′01
Including
42nd At Treadmill
03. Cadence And Cascade – 4′38
04. In The Wake Of Poseidon – 7′58
Including
Libra’s Theme
05. Peace – A Theme – 1′15
06. Cat Food – 4′52
07. The Devil’s Triangle – 11′38
Including
I) Merday Morn
II) Hand Of Sceiron
III) Garden Of Worm
08. Peace – An End – 1′53

Integrantes:
Greg Lake – voz
Robert Fripp – guitarra e mellotron
Michael Giles – bateria
Peter Giles – baixo
Keith Tippet – piano
Mel Collins – saxofone e flauta
Gordon Haskell – voz na faixa 3
Peter Sinfield – letras e iluminação

Resenha:

01. Peace – A Beginning
Não tem porque não gostar de um cântico sendo o Greg Lake o cantor, só a voz dele e uma guitarra no fim, só pra dar início a brincadeira.

02. Pictures Of A City including 42nd At Treadmill
Um arraso essa daqui, os sopros dão um peso estranho a tudo, algumas partes velozes e lentas ao mesmo tempo. Na parte vocal é um riff poderoso junto a voz de Lake, mas o mais legal mesmo são os sax. Uma loucura de guitarra e… muita loucura a seguir, Greg no baixo é essencial mas falando sério Peter Giles aqui é um arraso viu, toca muito o rapaz. Depois de muita loucura, uma parte com o baixo a frente toma conta das coisas. Muita improvisação como é típico do King Crimson, essa é a natureza deles.

03. Cadence And Cascade
Estréia de Gordon Haskell no vocal, no disco seguinte ele estaria mais presente já que Greg se juntou a Keith Emerson e Carl palmer pra montar o E,L&P. Uma balada muito bonita com violão em primeiro plano e piano acompanhando. Muito bonita por sinal. O refrão é ainda mais bonito, com um teclados tão singelos, bonitos e suaves.

04. In The Wake Of Poseidon including Libra’s Theme
Voltando ao som dos caras mesmo, um órgão meio sinistro, bateria arrojada, e em seguida o tema volta a cena mais calmo, com os vocais de Lake sempre perfeitos. Essa canção é calma, mas tem muitas partes diferentes e eu gosto bastante do arranjo dela. A vocalização final é um encanto também, é muito legal essas coisas meio coral. Eu adoro!

05. Peace – A Theme
Um tema de violão bonito e calmo. Só pra apreciar a calma das coisas.

06. Cat Food
Bem Greg Lake essa daqui. Mais Rock mesmo. Acho que essa é um tanto E,L&P, sem querer comparar. Tem uma pegada bem jazz as vezes e um piano muito estranho. No final muito piano.

07. The Devil’s Triangle
a) Mesday Morn
b) Hand Of Sceiron
c) Garden Of Worm
Esse é o épico do disco. Começa (como muitos outros sons) muito baixo e vai aumentando até chegar ao ápice da música. Muitos teclados tudo num tom bem marcial. Uns sons de ‘vento’ e tudo. Muita psicodelia com toques de jazz, rock e me lembrou bastante Abbadon’s Bolero do disco Trilogy do E,L&P. Mais na parte final tem uma parte de baixo bem invocada e uns ‘sons’ vindo de vários teclados e também uns curtos trechos da mesma vocalização de In The Wake Of Poseidon. Não consegui identificar muito bem quais são as 3 partes então…

08. Peace – An End
Para acabar nada melhor do que o vocal de Lake exatamente como na faixa 1, uma melodia de violão o acompanha na parte dois da faixa, não teria melhor maneira de acabar um disco.

Muitos dizem ser o disco mais fraco do King Crimson pois estavam em transição, a formação mudando, o pessoal se desentendendo. Mas mesmo assim acho que fizeram um trabalho muito bom.

2 comentários em “Resenha: King Crimson – In The Wake Of Poseidon”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s