Músico Argentino Charly García Foi Levado A Clínica Psiquiátrica


O músico argentino Charly García foi levado no dia 31/07 a uma clínica psiquiátrica, depois de ser hospitalizado devido a um quadro febril agudo, disse o diretor médico do sanatório onde ele está internado.

Depois de perceber uma notável melhora na saúde de García, os médicos permitirão que o músico de 56 anos deixe o hospital, onde chegou na terça-feira à noite. Lá, ele foi sedado após um ataque de ira.

“Melhorou muitíssimo, não somente pela hidratação parenteral (por via distinta da digestiva, como a intravenosa, a subcutânea ou intramuscular) que está recebendo, mas também porque pôde se alimentar sozinho”, acrescentou.

O roqueiro já havia sido hospitalizado em junho conforme já noticiado AQUI no Progshine, para tratar das

feridas que adquiriu ao destruir um hotel em Mendoza, no qual estava hospedado. Mas ele logo foi transferido a Buenos Aires para tratar de uma doença pulmonar.

Depois de ameaçar suicidar-se, o roqueiro foi internado em uma clínica psiquiátrica, a qual deixou na semana passada para continuar o tratamento na chácara de um amigo, em Buenos Aires.

García nunca admitiu publicamente nenhum vício, mas as piadas sobre seus excessos – especialmente com drogas e álcool – são muito populares entre os argentinos.

García é figura central do rock argentino. Seu último disco, Kill Gil, saiu na íntegra na Internet sem sua autorização. Não se sabe se haverá venda nas lojas.

Fonte

Anúncios

Músico Argentino Ex-La Maquina De Hacer Pajaros, Charly García Está "Sedado E Em Observação", Dizem Médicos.


O roqueiro argentino Charly García está “sedado e em observação” em uma Unidade de Terapia Intensiva de uma clínica da província de Mendoza (oeste do país), após destruir o hotel no qual estava hospedado.

Segundo o boletim médico emitido pela Policlínico Cuyo, o músico “não corre riscos, por enquanto”, está sendo “acompanhado por um músico de sua confiança” e seu tempo de estadia no local “depende de sua evolução”.

De acordo com testemunhas citadas pela imprensa local, Charly García destruiu o estabelecimento após discutir com um dos integrantes do grupo com o qual, este fim de semana, deu uma série de shows em Mendoza e na vizinha província de San Juan.

García, de 56 anos, destruiu os móveis do quarto no qual estava, com um de seus colaboradores, e foi levado com ferimentos ao Hospital Central da cidade de Mendoza, capital da província homônima e situada 900 quilômetros ao oeste de Buenos Aires.

O músico, que ao longo de sua carreira protagonizou vários escândalos, foi internado no centro médico – do qual depois foi levado ao Policlínico Cuyo- com manchas de sangue em suas roupas e algemado por policiais aos quais insultou enquanto era transferido em uma ambulância.

Segundo Jorge Ascar, diretor do Hospital Central, o roqueiro sofreu um “quadro de excitação psicomotriz sumamente agressivo como conseqüência do consumo de drogas, álcool ou outras substâncias”.

Enquanto era emitido o boletim médico, dezenas de fãs de Charly se reuniram às portas do Policlínico Cuyo para apoiar o polêmico músico, autor de “Los dinosaurios”, “Yendo de la cama al living” y “Demoliendo hoteles”, entre outros.

Fonte

Leia outras notícias sobre Charly García