Playlist: Crossover Prog


Por Diego Camargo

Muitas vezes os ouvintes, especialmente os mais novos, ficam confusos com os sub-gêneros do Rock Progressivo. Em muitos casos bandas tão díspares como Pink Floyd e Magma são colocadas lado a lado. Continue Lendo “Playlist: Crossover Prog”

Anúncios

Você Conhece A Série Romantic Warriors?


Para aqueles mais desligados, eu explico do que se trata a série Romantic Warriors.

Essa é uma série de DVDs da produtora independente Zeitgeist Media que teve início em 2011. Romantic Warriors I – A Progressive Music Saga é um documentário mais do que preciso e interessante sobre o novo Rock Progressivo. Nada de madalhões. Conhece as bandas: Cabezas De Cera (México), Cheer-Accident (EUA), Deluge Grander (EUA), D.F.A. (Itália), Karmakanic (Suécia), La Maschera Di Cera (tália), Oblivion Sun (EUA), Phideaux (EUA), Qui (Japão) e Rob Martino (EUA)? Não? Esse é o barato do DVD, falar de um novo mundo de um gênero ao qual todos nós deixamos de conhecer desde os anos 80. Todos eles são elementos chaves do primeiro documentário que pode ser comprado AQUI.

Romantic Warriors I – A Progressive Music Saga inclusive, ganhou o Bronze Peer Award em 2011 como melhor documentário. Esse que vos escreve atesta com a caixinha na mão, o DVD é ótimo. Ainda duvida? Abaixo o trailer:

Agora, José Zegarra Holder e Adele Schmidt, os dois autores do filme, se concentram na segunda parte Romantic Warriors II – About Rock in Opposition. Como o nome sugere, no segundo volume da série a dupla foca no ‘temido’ sub-gênero RIO.

O estilo teve início a partir de 1978 com o primeiro RIO Festival em Londres e teve como slogan: “Cinco grupos de rock que nenhuma gravadora quer que você ouça.” É nele que o novo documentário foca sua história. Bandas como:  Aranis (Bélgica), Guapo (Inglaterra), Hamster Theater (EUA), Magma (França), Miriodor (Canadá), Present (Bélgica), Ruins Alone (Japão), Sleepytime Gorilla Museum (EUA), Thinking Plague (EUA), Univers Zero (Bélgica), Yugen (Itália), Etron Fou Leloublan (França), Stormy Six (Itália), Samla Mammas Manna (Suécia) e Henry Cow (Inglaterra) são algumas das bandas que estarão presentes.

O projeto está sendo financiado através do já conhecido sistema ‘crowdfunding’ através do site Indie Go Go, e apesar de estar quase alcançando seu objetivo, ainda é possível participar e receber uma variedade de prêmios, dependendo do valor da colaboração, NESSE LINK.

Pra ajudar a divulgar o novo filme um trailer já está pronto:

Site
Facebook

Dica Progshine: Phideaux (EUA)


Phideaux Xavier é um multi-instrumentista, além de cantor e compositor, ele e o baterista Rich Hutchins são o duo responsável pela banda Phideaux (lê-se ‘Fidou’), além dos dois uma série de músicos convidados toca o projeto em frente.

O grupo tem influências de gente como Jethro Tull, David Bowie, Pink Floyd, Van Der Graaf Generator e Genesis.

O que acabou me chamando atenção no grupo foi o álbum Chupacabras (2005), obviamente o nome chamaria atenção dos brasileiros dada a massiva atenção da mídia ao caso na época (1995/1996).

A banda é de Los Angeles (EUA), país que não tem muita tradição nesse estilo e já possui 7 álbuns lançados, são eles: Fiendish (2003), Ghost Story (2004), Chupacabras (2005), 313 (2005), The Great Leap (2006), Doomsday Afternoon (2007) e o mais recente Number Seven (2009).

Ouvindo o som da banda (é possível ouvir 3 músicas de cada um dos discos no SITE OFICIAL) fiquei completamente extasiado, sinfônico, bonito, calmo, com melodias pop mas com muita originalidade e coração.

Em Agosto a banda estará presente na 3ª Edição do 3RP, o Three Rivers Progressive Rock Festival que ocorrerá em Pittsburgh (EUA) e também trará grandes bandas como IQ, Crack In The Sky, Glass Hammer It Bites e outras.

A banda também acaba de enviar uma música para o novo projeto dos selos Colossus/Musea Records, trata-se de um CD triplo com uma música de cada banda, todas baseadas no Inferno De Dante. Essa música pode ser ouvida no MYSPACE da banda e também estará no próximo álbum do grupo 7 ½ (2009) que está programado para ser lançado no fim do ano.

Para os interessados, os álbuns da banda podem ser comprados através dos sites CDBaby e Amazon, eu mesmo vou comprar pelo menos 1 deles.

Dica mais que interessante!

Site
Myspace
Compre – CDBaby ou Amazon

Leia outras notícias sobre o Phideaux