Secos & Molhados Participam De Exposição De Melhores Capas De Disco Em Miami


Miami – O centro cultural da Espanha em Miami recebe a partir deste sábado (12) uma exposição com mais de 500 capas de discos de rock e pop latino-americanos que deixaram marcas, entre eles obras de Caetano, Secos & Molhados e Os Mutantes.

As 519 capas da exposição, que segue até dia 19 de junho, foram selecionadas pela revista e ateliê de desenho gráfico “Zona De Obras,” que revisou mais de nove mil discos de pop rock latino.

Entre as capas expostas, a Zona De Obras destaca a fachada de discos dos Os Mutantes, Secos & Molhados e Caetano, no Brasil; Los Jaivas e Aguaturbia, no Chile, e Totem e Psiglo, do Uruguai. A revista reconhece que, de certo modo, a exposição destes álbuns de rock, históricos e contemporâneos, é um olhar nostálgico e uma homenagem ao mesmo tempo ao disco, “a sua condição de ser escutado, admirado e tocado”.

Em declarações à Agência Efe, a cantora Alaska, um dos ícones da música madrilena dos anos 1980, disse que “desde o princípio, sendo adolescente”, entendeu a relação essencial entre a música e o desenho gráfico, que “não podia existir música desvinculada da imagem”.

Assumimos o pop e o rock no “mesmo sentido que propôs Andy Warhol: como uma ideia conjunta”, explicou Alaska, para quem “tão importante quanto a letra e a música, é o título de uma canção, a capa de um disco, o videoclipe…”.

Apesar ainda não ter tido oportunidade de ver a mostra, Alaska ressaltou o trabalho artístico do desenhista argentino Juan Gatti que, disse, “desde os anos 1970 na Argentina, nos 80 na Espanha, até hoje”, é a “história viva do desenho de capas na história do rock em espanhol”.

Gatti é um dos desenhistas gráficos cuja obra mais se sobressai nesta exposição visualmente muito atrativa, dividida em oito seções, que misturam estilos, épocas e países sob diferentes temáticas: desde capas com tom urbano a outras com animais, rostos e carros como protagonistas.

Fonte

Anúncios